quinta-feira, 19 de julho de 2018

Começa o serviço de terraplanagem no Distrito da Ilha de Santana

Uma indicação feita pelo mandato da vereadora Socorro Nogueira (PT) e enviada ao governo do Estado, garante a serviço de terraplanagem nas ruas e ramais no distrito da Ilha de Santana.

As máquinas já estão realizando o trabalho que tem previsão de ser feito em duas semanas, aliviando o transtorno de trafegabilidade sofrido pela comunidade da Ilha. A obra, é uma parceria do governo do Amapá e prefeitura de Santana.

No ultimo final de semana a vereadora Socorro Nogueira reuniu com moradores e representantes da Secretaria do Estado de Transporte (Setrap) e Secretaria Municipal de Obras Publicas e Serviços Urbanos (Semop), para explicar como seria feito o trabalho. 
A reunião aconteceu na manhã de domingo (15), na recém-inaugurada Casa do Pescador na Ilha de Santana.

“Hoje podemos dizer que o pedido feito pelos moradores da Ilha de Santana durante a reunião ‘Ouvindo a Comunidade’ que realizamos aqui, está se transformando em realidade, tiramos do papel e levamos diretamente para o governador Waldez Góes que não mediu esforços para ajudar esse povo”, disse a vereadora.
 
Ascom/Socorro Nogueira

terça-feira, 10 de julho de 2018

Jovem é morto a tiros em frente de casa no Provedor 2

Um jovem, identificado como Jean Santos Gouveia, de 20 anos, foi morto na noite de segunda-feira (9) a tiros na frente da casa onde morava, no bairro Provedor 2, em Santana, cidade a 17 quilômetros de Macapá. Esse é o terceiro caso de homicídio no município em menos de 24 horas.

De acordo com o Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciodes), um homem se aproximou de Jean e fez diversos disparos. A polícia identificou nove perfurações no corpo de Jean. O atirador, que fugiu em seguida, teria se aproveitado da escuridão do local devido a uma queda de energia no bairro.

Jean chegou a ser levado para o Pronto Socorro do município, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade médica. Não há informações sobre o que teria motivado o crime.

Com informações G1

segunda-feira, 9 de julho de 2018

Santana registra dois homicídios nesta madrugada

Roberto da Silva Pacheco, 36 anos foi morto com 4 tiros de arma de fogo por volta de 4h08 da madrugada desta segunda-feira (9). O crime ocorreu em frente uma Boate no Centro de Santana.

De acordo com informações de populares, um homem se aproximou da vítima que estava em frente à boate e efetuou vários disparos de arma de fogo contra Roberto, que foi atingido por quatro tiros.

A vítima foi socorrida por familiares que estavam no local e levaram para o Hospital de Emergência de Santana. Porém morreu em seguida por não resistir os ferimentos.

O segundo homicídio aconteceu por volta de 6h, no terminal rodoviário, no bairro Nova Brasília em Santana. A vítima foi identificada por Dário Bahia, 58 anos. A central do 4° Batalhão de Polícia Militar de Santana, informou  que recebeu um denúncia que havia  uma pessoa lesionada no terminal rodoviário municípal. Chegando ao local foi constatado que a vítima estava ferida com golpes de faca.

Segundo informações de populares, três indivíduos saíram correndo do local e minutos depois a vítima apareceu lesionada. Um dos suspeitos foi identificado vulgo "Madruga".

A Polícia Militar (PM), realizou buscas nas proximidades na tentativa de prender os suspeitos, porém ninguém foi preso.

Incêndio atinge quatro casas na Zona Sul de Macapá

Quatro casas foram incendiadas na tarde deste domingo (8), na Avenida Aimorés, bairro Buritizal, Zona Sul de Macapá. Segundo o Corpo de Bombeiros quatro residências foram atingidas pelas chamas.

uma casa foi atingida parcialmente e um carro ficou incendiado. Não houve registro de vítimas fatais, apenas danos materiais. O incêndio aconteceu ao lado do conjunto habitacional São José, por isso muitas pessoas acompanharam o combate ao fogo.

As causas do incêndio ainda estão sendo apuradas pela perícia dos Bombeiros. Em nota, o governo do Estado anunciou que presta apoio às famílias vítimas do sinistro, junto à prefeitura.


terça-feira, 3 de julho de 2018

Moradores de Santana foram beneficiados com mais de 2 mil metros de passarelas de madeira


O Governo do Estado do Amapá (GEA) entregou nesse sábado, 30, no município de Santana, mais de 2 mil metros de passarelas em madeira, como parte do Plano de Mobilidade Urbana do Estado. Foram beneficiadas as áreas de ressaca dos bairros Provedor II, Fonte Nova, Nova Brasília e Paraíso. O plano também já contemplou os moradores de Santana com 23,3 km de vias com serviços de pavimentação, drenagem, terraplanagem, meio-fio e sinalização.

O governador Waldez Góes visitou as obras e afirma que a mobilidade urbana não é apenas asfaltamento. “Significa melhorar a qualidade de vida de quem vive nas áreas de ressaca. Em conversa com a comunidade, a deputada federal Marcivânia Flexa identificou as prioridades dos moradores e conseguiu a emenda para melhorar a condição de locomoção nessas áreas”, disse ele.

A reforma e construção das passarelas iniciaram há seis meses nas Avenidas 15 de Novembro, Dom Pedro, Nova Brasília e Rua Manoel de Souza, totalizando 2.041 metros de passarelas de madeira. Além disso, está prevista a entrega de 1.942 metros de passarela em concreto, para agosto deste ano.

A dona de casa, Telma Lúcia, 48 anos, mora há 18 anos na Avenida Nova Brasília, ela diz que a situação estava crítica e que fazia tempo que nada era feito para reestruturar as passarelas.
“Antes era muito ruim de passar. Algumas pessoas já caíram e se machucaram, mas agora está bem melhor. Fazia mais de 8 anos que nada era feito por nós”, afirma Telma Lúcia.

Entre crianças, jovens, adultos e idosos, existem as pessoas com deficiências e outras dificuldades de mobilidade. A moradora Dalcilene Diniz tem uma filha de 5 anos, chamada Elza, que é cadeirante. Ela disse que está muito contente e satisfeita, pois viu a filha sorrir ao poder brincar e se mover com mais facilidade pela ponte.

“Era muito difícil levar minha filha para a rua, sair com ela de casa. Depois que ela viu a ponte reformada, ela sorriu e ficou muito contente. Isso me deixou muito satisfeita”, contou a mãe da pequena Elza.

O recurso para os serviços foi de emenda parlamentar da deputada federal Marcivânia Flexa e de contrapartida do GEA, somando cerca de R$ 1,8 milhão. Para ela, o resultado foi gratificante ao visitar as passarelas e ver o governo executando a emenda destinada em benefício dos moradores santanenses. “A satisfação é de amenizar os problemas de mobilidade, sendo essa uma das principais dificuldades das pessoas que moram nas áreas de ressaca. 

Mesmo esse não sendo um local ideal para moradia, precisamos garantir qualidade de vida para os cidadãos”, acentuou a parlamentar.
Além desta emenda, o governo licitará no segundo semestre mais uma obra para a reforma de passarelas em Santana e construção de 1,2 mil metros de passarelas em concreto armado. 

O recurso é de emenda parlamentar do deputado federal Cabuçu no valor de R$ 1,5 milhão, que vai beneficiar os moradores do bairro Provedor II. A Secretaria de Estado dos Transportes (Setrap) também se comprometeu em melhorar o acesso a essas áreas, no mês de julho, com terraplanagem e asfaltamento das cabeceiras das pontes.

quarta-feira, 23 de maio de 2018

Governo federal libera R$ 600 milhões para auxiliar municípios em questões emergenciais

O governo federal liberou R$ 600 milhões para as mais de 5,5 mil cidades que recebem o Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O principal objetivo da verba é auxiliar as prefeituras a superar dificuldades financeiras emergenciais. O anúncio da liberação foi feito pelo presidente da República, Michel Temer, nesta terça-feira, 22, durante a abertura da 21ª Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios – Marcha dos Prefeitos. A resolução do Ministério da Educação que estabelece os critérios de distribuição dos recursos foi publicada no Diário Oficial da União de segunda-feira, 21.
Durante o encontro, Michel Temer destacou a importância da parceria entre a União e os municípios para o avanço do Brasil. “Temos um terço do nosso governo ainda pela frente eu quero que pelo menos metade desse tempo seja direcionada aos interesses dos municípios brasileiros”, disse. “Precisamos dos municípios para que a União seja forte como deve ser.”
O ministro da Educação, Rossieli Soares, destacou que esses recursos deverão ser utilizados pelas prefeituras com foco na melhoria da aprendizagem dos estudantes. “Cada gestor sabe da necessidade que é mais urgente em sua rede”, pontuou. “Aqui, pelo Ministério, esperamos que os gestores de cada município utilizem esse recurso sempre com foco na melhoria da aprendizagem dos nossos estudantes, seja investindo em programas como o Novo Mais Educação ou em outras necessidades – mas que o foco seja sempre o estudante”.
Recursos – A parcela destinada a cada ente federativo foi calculada nas mesmas proporções aplicáveis ao FPM, que leva em consideração a população de cada município e a renda per capita de cada estado, a partir de dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os recursos distribuídos deverão cobrir despesas e custeio de ações na área educacional, e o MEC orienta que os gestores priorizem as iniciativas previstas no Programa Novo Mais Educação, com foco na melhoria da aprendizagem em língua portuguesa e matemática para alunos do ensino fundamental.
O uso dos recursos também deverá obedecer ao disposto no artigo 70 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) - Lei 9394/96, que prevê aplicação na manutenção e desenvolvimento do ensino; remuneração e aperfeiçoamento do pessoal; fechamento da folha de pagamento dos professores; aquisição, manutenção, construção e conservação de instalações e equipamentos; aquisição de material didático-escolar e manutenção do transporte escolar.
Educação – O montante anunciado faz parte dos R$ 2 bilhões destinados à saúde e à educação, conforme previsto na Medida Provisória nº 815, publicada em 29 de dezembro de 2017. A MP dispõe sobre a prestação de apoio financeiro da União aos entes federativos que recebem o FPM no exercício de 2018. A parcela destinada a cada um dos municípios foi calculada pela Secretaria do Tesouro Nacional com base nas mesmas proporções aplicáveis ao FPM.
Marcha dos Prefeitos – A 21ª Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios – Marcha dos Prefeitos reúne, anualmente, prefeitos, secretários, vereadores e demais agentes municipais com a meta de discutir alternativas para os municípios diante do cenário brasileiro. Nesta edição, a expectativa é que participem mais de oito mil pessoas, entre gestores municipais, vereadores e parlamentares estaduais e federais. O evento se realiza até a próxima quinta-feira, 24, no Centro Internacional de Convenções do Brasil, em Brasília.
Assessoria de Comunicação Social - MEC

terça-feira, 22 de maio de 2018

Caminhoneiros realizam protesto na Duca Serra após aumento de combustíveis

Foto: Rita Torrinha (G1 Amapá)

Cerca de 30 caçambeiros participaram de um protesto contra o aumento de 0,97% do diesel e 0,9% da gasolina anunciado pela Petrobras nesta terça-feira (22). Os manifestantes ocuparam os dois lados da Rodovia Duca Serra, na Região Oeste de Macapá, deixando o trânsito lento.

Foi necessário chamar o Batalhão Rodoviário Estadual (BPRE) para controlar o trafego no perímetro.

Segundo a Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP), o preço médio do diesel nas bombas já acumula alta de 8% no ano. O valor está acima da inflação acumulada no ano, de 0,92%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Ainda não se sabe se as revisões vão refletir nas bombas ao consumidor final, isso porque, segundo a Petrobras, essa decisão depende dos proprietários de postos de combustível.

Com informações: G1 Ap


Começa o serviço de terraplanagem no Distrito da Ilha de Santana

Uma indicação feita pelo mandato da vereadora Socorro Nogueira (PT) e enviada ao governo do Estado, garante a serviço de terraplanagem ...