quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Professores da rede municipal de Porto de Moz deflagraram greve por atraso de salários

 Eles cobram os salários atrasados e melhores condições de trabalho. Com a paralisação, mil alunos de 50 escolas estão sem aula.

Professores da rede municipal de ensino de Porto de Moz, localizado na região do Oeste do Pará, deflagraram greve por tempo indeterminado nesta quarta-feira, 19/10.

Eles querem o pagamento de três meses de salários atrasados e melhorias para a educação do município.

Mais de mil alunos de 50 escolas municipais das zonas urbana e rural estão sem aulas desde ontem.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará (Sintepp), já foram feitas várias tentativas de negociação com o prefeito Edilson Cardoso (PSDB), mas sem sucesso. Por isso, os professores decidiram em assembleia que só retornarão para as salas de aula depois que receberem o pagamento dos salários e de outros benefícios que teriam sido cortados dos contracheques.

Segundo o Sintepp, pelo menos mil servidores, entre professores e trabalhadores de apoio, aderiram à greve.

Do G1 PA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Governo federal libera R$ 600 milhões para auxiliar municípios em questões emergenciais

O governo federal liberou R$ 600 milhões para as mais de 5,5 mil cidades que recebem o Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O prin...