quarta-feira, 15 de abril de 2015

I Fórum Indígena Estadual vai discutir políticas públicas em Macapá e no Oiapoque

O evento vai debater a cultura, os direitos e a cidadania dos povos indígenas, nos dias 18 e 19 de abril, no Museu Sacaca, e nos dias 24 e 25 em Oiapoque.

Para divulgar e debater as políticas indigenistas no Estado do Amapá e Norte do Pará, o Governo do Estado realizará o I Fórum Indígena Estadual 2015 - Cultura, Direito e Cidadania e Retomada Indígena -, nos dias 18 e 19 de abril, no Museu Sacaca, em Macapá, e nos dias 24 e 25, no município de Oiapoque, na Aldeia Kumarumã.

O evento trará assuntos relacionados às políticas públicas dirigidas aos indígenas e contará com palestras, ações de saúde e programação esportiva, bem como exposição e comercialização de artesanatos.

A Secretaria Extraordinária dos Povos Indígenas (Sepi) quer mostrar costumes e tradições desses povos e a relação que se estreita cada vez mais com os não índios, refletindo a igualdade de direitos e o respeito e valorização das diversidades étnicas e culturais de cada um, características do povo brasileiro. O evento pretende também expor a história na luta pela sobrevivência, além de conquistas políticas que proporcionaram um novo ângulo na forma de viver e se relacionar.

O governador Waldez Góes é um importante aliado dos povos e das comunidades indígenas do Amapá e Norte do Pará, pois garantiu direitos de usufruto dos territórios indígenas. O Amapá é o primeiro Estado a reconhecer esses direitos.

Em Macapá, o evento contará com apresentação do grupo de dança Kaxuyana Tiryò. Em Oiapoque, que reúne a maior concentração de indígenas do Estado, haverá apresentações de danças locais, reunindo aldeias como Galibi, Kunanã, Samaúma, Santa Isabel e Kumenê. E, na área indígena do Parque do Tumucumaque, localizada no Norte do Pará e Noroeste do Amapá, será representado pelas aldeias Aiki, Amaná, Santo Antônio, dentre outras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Moradores da Avenida 15 de Novembro no bairro do Paraíso sofrem com alagamentos constantes

Por Iran Froes Moradores da Avenida 15 de novembro, no bairro Paraíso, no perímetro das ruas Osvaldo Cruz e Padre Vitório Ga...