terça-feira, 9 de junho de 2015

VEREADOR AGRIDE E AMEAÇA RADIALISTA NA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTANA

            
                  Vereador de Santana, ameaça e agride fisicamente radialista.

Na noite desta terça-feira, 09, por volta das 22 horas, o vereador Anderson Almeida (PR), protagonizou uma das cenas mais deploráveis e de covardia da história do legislativo santanense.

A cena aconteceu após o encerramento de uma sessão tumultuada na Câmara Municipal de Santana (CMS), onde os vereadores debatiam a aprovação de um Projeto de Lei encaminhado pelo prefeito Robson Rocha (PR), que tenta mudar a legislação para concessão de placas de taxi no município.

A postura autoritária do vereador se configuro um verdadeiro atentado à liberdade de imprensa contra profissionais da imprensa santanense e chegou até mesmo a ser repudiada por outros vereadores.

O parlamentar chegou a agredir com socos e tapas o radialista e acadêmico de Direito, Richard Duarte, comentarista e membro da bancada do programa radiofônico “Santana em Debate”, que vai ao ar de segunda a sexta-feira na rádio Onda Livre 105.9 FM.

O radialista Richard Duarte foi agredido após o vereador também ameaçar e intimidar dentro do plenário da CMS o também radialista e acadêmico de jornalismo Heverson Castro, apresentador do programa “Santana em Debate”.

Os motivos das ameaças e agressões seriam as inúmeras críticas proferidas pelos radialistas Richard Duarte e Heverson Castro sobre a postura do vereador Anderson Almeida e sua atuação parlamentar como defensor incondicional do prefeito Robson Rocha e seus atropelos no legislativo municipal.

Os radialistas chegaram a exibir na tarde desta segunda-feira, 09, no programa Santana em Debate, um áudio onde o vereador é flagrado tentando desqualificar o presidente do Sindicato dos Taxistas de Santana, conhecido pela alcunha de “Chiquinho”.

Anderson Almeida afirma no áudio que “Chiquinho” seria um atraso para os taxistas, após lembrar que o mesmo não teria preparo político pra defender a categoria porque não teria formação superior, diferente do presidente do Sindicato dos Taxistas de Macapá.

As declarações do vereador Anderson Almeida repercutiram de forma negativa no meio dos taxista e piorou ainda mais imagem do parlamentar, que em outra sessão chegou a defender a aprovação do PL 001/2015-PMS, proposto pelo prefeito e que atacava ferozmente os taxistas, abrindo brechas para o favorecimento político e apadrinhamento na concessão de placas de taxi, além da privatização do serviço que poderá ser explorado por empresas.

O vereador Anderson Almeida protagonizou a cena de forma covarde ladeado por assessores e aliados políticos que chegaram a fechar o radialista e Richard Duarte para intimidar e após isso o parlamentar praticar o ato covarde de agressão física.

Os radialistas Richard Duarte e Heverson Castro tiveram que sair escoltados por alguns taxistas por conta da ameaça a integridade física dos profissionais. Após isso, a Polícia Militar foi acionada para se dirigir ao local e garantir a ordem pública. O vereador Anderson Almeida e assessores já tinham se evadido do local e ninguém chegou a ser preso.

O radialista Richard Duarte registrou um Boletim de Ocorrência (B.O) por agressão física e ameaça contra o vereador Anderson Almeida, minutos após a confusão na 1º Delegacia de Policia de Santana.

Da Redação do Santana em Debate

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Governo federal libera R$ 600 milhões para auxiliar municípios em questões emergenciais

O governo federal liberou R$ 600 milhões para as mais de 5,5 mil cidades que recebem o Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O prin...