terça-feira, 5 de julho de 2016

PERSEGUIÇÃO POLÍTICA DEIXA CAFÉ SOUTO FORA DA ORGANIZAÇÃO DO VENTO DE MOTOCROSS 2016

Foto: Reprodução Porto de Moz em Foco
Merinaldo Souto, conhecido popularmente por Café Souto, postou no seu perfil pessoal do Facebook, na noite desta segunda-feira (5), uma nota comunicando seus amigos e competidores do Motocross, que não está organizando e não é membro da organização do vento.

A competição que será realizado no período do FestSol 2016, contará com pessoas indicadas pela prefeitura de Porto de Moz. Segundo a nota postada, Café afirma que estará fora da organização do evento por perseguição política, já que seu nome está cotado para compor a chapa de vice do pré-candidato a prefeito Berg Campos (PTB), adversário ferrenho do atual gestor, Edilson Cardoso (PSDB).

Café Souto é pioneiro na organização do Motocross, há oito anos vem organizando o evento no período de férias do mês de julho na cidade, nessa época acontece o tradicional FestSol, e realizava a competição com apoio de um grupo de empresários e não recebia apoio da prefeitura. Esse ano por pura perseguição política os organizadores do FestSol que recebem ordem do prefeito Edilson Cardoso, resolveram excluir o idealizador e atleta do Motocross que já conquistou vários títulos. 

"Como todos sabem fui eu que levei o Motocross para Porto de Moz, e venho fazendo nesses oito anos, nem por isso vou deixar de convidar essa galera que ama nosso esporte, a final o Motocross não é da prefeitura e sim do povo." disse Merinaldo


Nota de esclarecimento

Quero deixar bem claro a todos os pilotos que não farei parte do Motocross do FestSol de 2016, por motivos políticos estou fora da organização, como tem muitos pilotos me ligando me mandando mensagens no Whatsapp querendo saber da corrida, afirmo a todos que o evento vai acontecer, porém com outras pessoas na organização.
 
Como todos sabem fui eu quem levou o Motocross pra Porto de Moz e venho fazendo nesses oito anos, nem por isso vou deixar de convidar essa galera que ama nosso esporte, a final o Motocross não é da prefeitura e sim do povo, tenho plena certeza que no ano de 2017 já com novo administrador faremos o melhor Motocross que Porto de Moz já viu, lamento muito por não poder ajudar aos pilotos que se deslocam de suas cidades como da Transamazônica ao retornarem liberava todas as passagens assim o custo ficava, mas baixo pra cada piloto. 

A galera de Macapá também a mesma situação não terei como contribuir com as passagens. Fica o meu convite a cada um que vá e prestigie e faça parte dessa festa assim poderão avaliar o evento de cada um.
Boa sorte a todos os pilotos que na disputa Deus Proteja cada um...

Com Informações: Porto de Moz em Foco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ação odontológica avalia cerca de 100 pacientes em Santana.

O Centro de Especialidades Odontológicas do Amapá (CEO) realizou cerca de 100 atendimentos de avaliação odontológica.  A ação que atendeu ...