sábado, 13 de maio de 2017

Desentendimento entre o casal pode ter motivado Ex-marido atear fogo em vila de casas, diz policia


Um desentendimento com a ex-mulher pode ter motivado Edilon Barros Furtado, 32 anos, atear fogo em uma vila de casas construídas em madeira, por volta das 4h00 da madrugada deste sábado (13), no bairro da Cabanagem, em Porto de Moz. De acordo com informações de pessoas que moravam na vila, o Ex não aceitava a separação.

Vila de Casas após incêndio
Segundo a polícia, após acabar a briga entre o casal a vítima foi ameaçada pelo ex-marido, segundo ela, o acusado prometeu atear fogo na sua moto e também nas residências. Para policia o incêndio foi criminoso.


A prisão
Na manhã deste sábado policiais militares conseguiram prender Edilon, que estava escondido em um trapiche, próximo ao matadouro Municipal da cidade. Logo depois, foi levado para Delegacia de Polícia Civil, em Porto de Moz para prestar esclarecimentos.
O momento da prisão de Edilon

Edilon Barros Furtado, Acusado de atear fogo na vila de casas em Porto de Moz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Governo federal libera R$ 600 milhões para auxiliar municípios em questões emergenciais

O governo federal liberou R$ 600 milhões para as mais de 5,5 mil cidades que recebem o Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O prin...