quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Polícia interrompe tráfico no Porto de Santana

policia1-1
Mais uma denúncia anônima fez com que por volta da 7h da noite dessa segunda-feira, 10, uma equipe da Polícia Civil da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) apreendesse cinco quilos de crack que havia acabado de chegar em um barco no Porto de Souza Mar, em Santana.
Os responsáveis pela droga eram o seguintes: José Alfredo da Silva Monteiro, Jean Gadelha dos Sanros e Benedito Farias Monteiro. José e Benedito são irmãos.
Os policiais tiveram ajuda de cães farejadores do Canil da Polícia Civilpara chegar até à droga.
delegado
O delegado titular da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes, Luís Carlos Gomes, que comandou a operação, disse que já vinha monitorando a quadrilha há cerca de dois meses.
Remessas de crack vinham de Belém para Macapá, onde eram comercializadas. “Mas a casa caiu para esses traficantes”, constatou o delegado de polícia civil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Governo federal libera R$ 600 milhões para auxiliar municípios em questões emergenciais

O governo federal liberou R$ 600 milhões para as mais de 5,5 mil cidades que recebem o Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O prin...