domingo, 9 de fevereiro de 2014

Polícia prende acusados e elucida caso da menina de 13 anos

policia4dois
Foi esclarecido na madrugada desta sexta, 7, na Delegacia de Mulheres, o escabroso caso da menina de 13 anos que foi estuprada em um terreno baldio na avenida Piauí, bairro do Pacoval, onde também recebeu 16 facadas atacada por pelo menos três elementos. Ela sobrevive na UTI do Hospital de Emergência.

O caso foi esclarecido com a prisão de César Quaresma de Souza, 24 anos, e Z.A.D.S., de 17. A dupla foi agarrada pela Polícia Militar na rua José Serafim, bairro do Laguinho.

Na Delegacia de Mulheres, o menor confessou ter dado facadas na vítima com participação de César Quaresma de Souza. César nega. Por meio de um vídeo mostrado pela polícia à garota, no Hospital de Emergência, ela reconheceu um elemento chamado Paulo Júnior como quem a estuprou. Paulo já teria fugido para o interior do estado, mais precisamente para Abacate da Pedreira.
O adolescente de 17 anos disse que os crimes contra a menina foram praticados com todos os envolvidos em estado de embriaguez, inclusive a vítima. Antes, eles tiveram bebedeira numa casa de ponte na avenida Piauí.
A delegada de polícia civil Elza Nogueira, à frente das investigações, indiciou César Quaresma com pedido de prisão à Justiça. Até o começo da noite ela ainda não tinha recebido confirmação de que a Justiça acatara a medida contra o acusado. Enquanto isso, Z.A.D.S. foi levado para a Delegacia de Investigação do Menor Infrator (Deiai).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ação odontológica avalia cerca de 100 pacientes em Santana.

O Centro de Especialidades Odontológicas do Amapá (CEO) realizou cerca de 100 atendimentos de avaliação odontológica.  A ação que atendeu ...