sexta-feira, 1 de maio de 2015

A tradicional pescaria na Praça Floriano Peixoto marca o dia do Trabalhador

A tradicional pescaria na Praça Floriano Peixoto, realizada em homenagem ao Dia do Trabalhador, 1º de maio, contou com 1.500 participantes. O público lotou a calçada que fica em volta do lago, para conseguir o pescado disponibilizado pelo Governo do Amapá. Foi despejada uma tonelada de peixes das espécies tambaqui e tambatinga.

Em menos de duas horas, Leonardo da Silva conseguiu pescar 11 peixes. Ele afirmou que, apesar de sua experiência como pescador, foi preciso sorte para fisgar tantos peixes. "Como tinha muitas pessoas jogando isca no lago, não imaginava que poderia pescar 11 peixes de uma maneira tão rápida", comemorou.

O vendedor José Gonçalves foi outro pescador que garantiu o almoço da família. "Estou feliz por ter pescado dois tambaquis, que vão ajudar na alimentação desse feriado", contou.

Pela segunda vez, o comerciante Mathias Souza prestigia o evento. Neste ano, ele chegou às 7h, com a esperança de levar três peixes para casa. "No ano passado eu pesquei só um peixe. Mas agora preparei as iscas antes de chegar na praça, para não perder tempo na hora da pesca", declarou.

O jovem Pedro Queiroz preferiu não pescar, mas se divertia quando alguém levantava o anzol com o peixe fisgado. "Estou pensando em me preparar para pescar no ano que vem", disse.

O lago da Praça Floriano Peixoto recebeu uma limpeza geral, com a retirada de lixo e capina. Para evitar que as pessoas levassem os peixes antes do início da programação, a Polícia Militar e Guarda Civil Municipal protegeram o local. A Agência de Pesca do Amapá deu total apoio técnico para que o pescado fosse assegurado no evento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Governo federal libera R$ 600 milhões para auxiliar municípios em questões emergenciais

O governo federal liberou R$ 600 milhões para as mais de 5,5 mil cidades que recebem o Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O prin...