quarta-feira, 27 de maio de 2015

Sesa busca cooperação para combater doenças que acometem a fronteira franco-brasileira

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), sob a coordenação do Comitê Gestor Estadual de Saúde na Região de Fronteira, realiza de 1 a 5 de junho a "Semana de Prevenção das Doenças de Transmissão Vetorial na Fronteira Franco-Brasileira". A ação acontece no município de Oiapoque e na cidade de Saint Georges (Guiana Francesa), com o foco principal em educação e prevenção em saúde.

O evento busca fortalecer a cooperação entre o Amapá e Guiana Francesa para o engajamento das ações de combate, vinculadas às principais endemias de transmissão vetorial que acometem a fronteira desses lugares, como a malária, dengue, febre chikungunya e a leishmaniose. "Vamos preparar a comunidade no combate e controle desses agravos", disse Margarete Gomes, coordenadora do Comitê Gestor.

Atividades
As atividades incluem diagnóstico da malária e leishmaniose na Ilha Bela e Vila Brasil e também nas aldeias indígenas Huaha, Galibi, Kunanã e Ariramba. 

No mesmo período, acontece o Fórum de Integração, onde cada país apresentará o sistema de saúde vigente e a estrutura atual das unidades de saúde relacionadas à fronteira com seus respectivos responsáveis; o perfil epidemiológico e as estratégias de combate às doenças vetoriais e a abordagem sobre o intercâmbio de boletins epidemiológicos; palestras educativas nas escolas estaduais e municipais; oficina sobre o manejo clínico das doenças em foco; segurança do paciente e para os profissionais da saúde; além de mutirão de limpeza na cidade de Oiapoque.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ação odontológica avalia cerca de 100 pacientes em Santana.

O Centro de Especialidades Odontológicas do Amapá (CEO) realizou cerca de 100 atendimentos de avaliação odontológica.  A ação que atendeu ...