quarta-feira, 27 de maio de 2015

Sesa busca cooperação para combater doenças que acometem a fronteira franco-brasileira

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), sob a coordenação do Comitê Gestor Estadual de Saúde na Região de Fronteira, realiza de 1 a 5 de junho a "Semana de Prevenção das Doenças de Transmissão Vetorial na Fronteira Franco-Brasileira". A ação acontece no município de Oiapoque e na cidade de Saint Georges (Guiana Francesa), com o foco principal em educação e prevenção em saúde.

O evento busca fortalecer a cooperação entre o Amapá e Guiana Francesa para o engajamento das ações de combate, vinculadas às principais endemias de transmissão vetorial que acometem a fronteira desses lugares, como a malária, dengue, febre chikungunya e a leishmaniose. "Vamos preparar a comunidade no combate e controle desses agravos", disse Margarete Gomes, coordenadora do Comitê Gestor.

Atividades
As atividades incluem diagnóstico da malária e leishmaniose na Ilha Bela e Vila Brasil e também nas aldeias indígenas Huaha, Galibi, Kunanã e Ariramba. 

No mesmo período, acontece o Fórum de Integração, onde cada país apresentará o sistema de saúde vigente e a estrutura atual das unidades de saúde relacionadas à fronteira com seus respectivos responsáveis; o perfil epidemiológico e as estratégias de combate às doenças vetoriais e a abordagem sobre o intercâmbio de boletins epidemiológicos; palestras educativas nas escolas estaduais e municipais; oficina sobre o manejo clínico das doenças em foco; segurança do paciente e para os profissionais da saúde; além de mutirão de limpeza na cidade de Oiapoque.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Moradores da Avenida 15 de Novembro no bairro do Paraíso sofrem com alagamentos constantes

Por Iran Froes Moradores da Avenida 15 de novembro, no bairro Paraíso, no perímetro das ruas Osvaldo Cruz e Padre Vitório Ga...