quarta-feira, 17 de junho de 2015

Vereador protesta contra Lei da terceirização de serviços públicos em Santana

De autoria do Poder Executivo Municipal, o Projeto de Lei Complementar 001/2015, que terceiriza a prestação de serviços essenciais da administração especificamente por meio de concessões, tem levantado críticas de parlamentares da oposição na Câmara de Vereadores de Santana. O projeto tramita na Casa de Leis e deve vir a debate e votação nos próximos dias.

O texto encaminhado pelo Executivo sustenta o regime de prestação dos serviços públicos do município de Santana deve ocorrer via processo licitatório, concessão e/ou permissão, cuja execução deverá ser fiscalizada por meio de Agência Reguladora de Serviços, a ser instituída pela Prefeitura de Santana. O PLC entrou em pauta, mas foi retirado após o vereador Richard Madureira (PT), pedir vista do projeto, se manifestando contrário à aprovação, em defesa dos trabalhadores e estabilidade do servidor e pediu vistas do projeto.

Segundo o parlamentar, o projeto prejudica a arrecadação e os direitos dos trabalhadores, afetando salários e benefícios, resultando na queda no número de empregados diretos, aumento do risco de acidentes, além da facilidade de corrupção. A possibilidade de terceirização deve afetar também a realização de concursos públicos no município de Santana, para o preenchimento de vagas necessárias as demandas na prestação do serviço público. “O projeto comprova a total ineficiência da atual gestão em administrar o município, é um mecanismo para ludibriar o direito do trabalhador e corre o risco de servir de promoção para fraudes” avaliou o vereador.

Madureira ainda argumenta que segundo estudos do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), remuneração dos terceirizados é em média 27% menor que a de empregados diretos e a rotatividade nas empresas terceirizadas são de 44,9%. Vale ressaltar que o parecer da Procuradoria Geral da República também considera fraude terceirizar atividades-fim. O parlamentar apontou a necessidade de ampla discussão mediante participação popular. 

Com as as informações Gabinete do vereador Richard Madureira (PT)
Assessoria de Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Moradores da Avenida 15 de Novembro no bairro do Paraíso sofrem com alagamentos constantes

Por Iran Froes Moradores da Avenida 15 de novembro, no bairro Paraíso, no perímetro das ruas Osvaldo Cruz e Padre Vitório Ga...