segunda-feira, 8 de junho de 2015

Vigilância em Saúde começa a planejar ações para o combate à hanseníase e tuberculose

Com o objetivo de apresentar indicadores e planejar as ações do próximo semestre de 2015, a Coordenadoria de Vigilância em Saúde do Amapá (CVS) realizou, nesta segunda-feira, 8, uma reunião técnica com representantes e coordenadores dos Agravos de Hanseníase e Tuberculose dos 16 municípios do Estado.

O encontro tratou, ainda, da Campanha Nacional de Geo-Helmentiase (hanseníase, verminoses, tracoma e esquistossomose), que deverá ser lançada no próximo semestre. Também foi tratada a implantação do teste rápido de hanseníase pela equipe do Laboratório Central do Amapá (Lacen). A reunião, que faz parte do calendário do Programa Estadual de Combate à Tuberculose e Hanseníase, ocorreu no auditório da CVS.

Segundo Rosangela Gurjão os tratamentos destas doenças precisam ser fortalecidos por meio da capacidade técnica dos profissionais de saúde. "São estes que tem o primeiro contato com os pacientes por meio das notificações realizadas. A CVS está trabalhando de forma integrada com os 16 municípios do estado", declarou.

Ela lembra que as duas doenças têm cura e podem ser tratadas nas unidades de saúde, mas um dos principais problemas é a demora no diagnóstico. A CVS prepara os profissionais de saúde para que possam identificar e encaminhar os pacientes ao tratamento o mais rápido possível, evitando complicações e sequelas.

Sintomas
Pode ser tuberculose: tosse com secreção por mais de quatro semanas; cansaço excessivo; febre baixa geralmente à tarde; sudorese noturna e perca de peso acentuado.

Pode ser hanseníase: machas esbranquiçadas ou vermelhas que não coçam, não doem, provocam dormência, perda de pelo no local da mancha. Em casos de suspeita, procure a Unidade de Saúde, mais próxima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Moradores da Avenida 15 de Novembro no bairro do Paraíso sofrem com alagamentos constantes

Por Iran Froes Moradores da Avenida 15 de novembro, no bairro Paraíso, no perímetro das ruas Osvaldo Cruz e Padre Vitório Ga...